Cada vez mais as pessoas estão buscando um sentindo a mais em suas vidas. E por que será que isto está acontecendo?

  • Você já se fez esta pergunta?
  • Você já se perguntou intimamente como que você lida com a sua espiritualidade?

Não estou me referindo a religião, estou falando de uma conexão maior, algo a mais que te alimenta a alma.

espiritualidade pode ser definida como uma “propensão humana a buscar significado para a vida por meio de conceitos que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio”.

Atualmente, a espiritualidade tem sido bastante estudada no que se refere às suas relações com a saúde humana.

Buscar algo que tenha um real significado. Você já descobriu o seu?

Hoje, com a velocidade das informações, a agilidade em se fazer milhares de coisas ao mesmo tempo, acabamos deixando de lado o que pode ser fundamental para que todo o resto saia em perfeita harmonia.

Você já percebeu que quando está aflito(a), nós sempre nos inclinamos para o alto para que Deus, ou nossos mentores, ou anjos da guarda, nos mostre uma luz?

Não importa qual o seu credo ou se você acredita ou não que há algo maior lá fora.

Você nesse exato momento deve parar e começar a olhar para dentro. Olhar para o que tem ai dentro que você reprime, ou se culpa, ou ainda quais medos te paralisam…

Acabamos nos distanciando das coisas simples da vida. Não paramos mais para olhar as pessoas, para olhar os pássaros, o céu, os rios, a beleza da vida que está passando bem diante dos nossos olhos.

Em um mundo onde as “selfs” reinam, quem consegue acalmar a mente é rei!

O que você tem feito para acalmar sua mente?

Você consegue ficar 1 dia sem internet? Telefone? Alguma rede social?

Se sim, parabéns, você está buscando algo mais real para sua vida.

As redes sociais vieram para aproximar as pessoas e devemos utilizá-la para isso. Compartilhando coisas do bem, coisas que transmitam paz para as outras pessoas e não compartilhar coisas que as deixem com raiva, com medo, com insegurança. Ao compartilhar este tipo de conteúdo, você está ajudando a dissiminar certos sentimentos que afastam as pessoas de sua espiritualidade. Você quer isso?

“Seja sempre você a mudança que você quer ver no mundo!”

Já dizia Gandhi.

Então não importa se outros estão fazendo, se isso é um passo de formiguinha. Comece por você a fazer a diferença nas suas redes sociais, na sua casa, na sua família, enfim, com todas as pessoas que você encontrar no caminho.

Como você lida com a sua espiritualidade eu não sei, mas acredito que você pode fazer a diferença se conectando com algo maior. Acalmando sua mente, seu coração. Se cercando de gente do bem, de gente que gosta verdadeiramente de gente. Sem manipulações, sem gatilhos, com sinceridade, com VERDADE.

Eu estou aprendendo a lidar com a minha espiritualidade da seguinte maneira:

  • Eu tenho pausas para ouvir mantras;
  • Eu gosto de escrever coisas que me façam bem e que possa acrescentar algo na vida das pessoas;
  • Eu converso com meus mentores espirituais, meus anjos da guarda, com Deus, com meus antepassados;
  • Eu tenho um caderno da gratidão onde eu agradeço sempre por ter a minha amada família, por ter os meus amigos, por ter os meus clientes, por todas as pessoas que cruzam o meu caminho. As vezes algumas pessoas são difíceis, mas basta você ter o controle da sua vida na suas mãos e JAMAIS dar o controle para a outra pessoa.
  • Eu converso com meus amigos sobre diversos assuntos;
  • Eu não utilizo as minhas redes sociais para falar de religião, violência, política e nada que possa tirar os meus amigos da paz deles.
  • Eu gosto de ir a parque verdes e ficar lá sentado sem fazer nada, só contemplando a natureza. Isso recarrega as minhas energias sempre.
  • Gosto de tirar fotos da minha janela do pôr do sol e enviar para meus amigos. De contemplar a beleza divina que me presenteia todos os dias.

Enfim, eu faço coisas que me dão prazer e alimentam o meu espírito.

Ainda estou em busca da minha verdadeira missão que tenho certeza saberei em breve.

Gosto de compartilhar experiências com as pessoas. Sem falar de sofrimento, mas sim de aprendizado. Afinal, quando uma situação aparenta ser difícil, é unicamente para que possamos continuar evoluindo enquanto seres humanos que somos.

Aproveite para se conectar com seu interior, conversar com você mesmo. Só você sabe o que você tem em seu interior… nós não conseguimos mentir para nós mesmos.

Desejo sinceramente que todos nós possamos encontrar o nosso caminho e lidar com sabedoria com a nossa espiritualidade, utilizando em prol do coletivo sem JAMAIS esquecer de nós mesmos. Pois ajudando a nós mesmos, já estaremos fazendo um grande progresso.

Fiquem com Deus e já sabem, se gostaram, compartilhe com seus amigos. Ajude a espalhar o bem. Faça o bem sempre! 🙂

Gratidão,

Zezzo

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO que você está fazendo pelo coletivo?
Próximo artigoEu Sou LUZ!
Zezzo
Como um bom sagitariano tem forte originalidade, intuição e inspiração. Gosta de motivar as pessoas e ajudá-las a ver a vida de uma maneira mais leve e feliz. Gosta de aumentar a visão sobre as coisas, por isso precisa sempre viajar para expandir seus conhecimentos sobre o mundo. Profissional da área de Marketing Digital, sócio-proprietário da empresa DX2BRASIL e idealizador do site FILOSOFIA DO BEM. Adora contar experiências e trocar os conhecimentos de vida com as pessoas. Apaixonado e eterno estudioso por temas como espiritualidade, bem-estar, qualidade de vida, liderança e motivação. Coordenou grandes equipes e projetos com foco no cliente e na otimização de processos, suas bases de trabalho sempre estiveram na motivação pessoal, liderança de equipe e administração do tempo e resultados. No exterior, Irlanda, participou do programa de voluntariado na DDAI-Disable Drivers Association of Ireland Instituição que cuida dos direitos e deveres de pessoas com dificuldade de locomoção. Com a inspiração de levar o bem para as pessoas, um despertar e um sentido maior para a vida, idealizou a FILOSOFIA DO BEM.

Comentários