Minha pergunta hoje é por que segmentar se podemos unificar?

Cada vez mais estamos sendo impulsionados a segmentar as coisas. Separamos o que acreditamos não ser bom para nossa vida e escolhemos o que fica e o que sai.

Segmentamos religiões e credos. Segmentamos pessoas por classes sociais e raciais. Segmentamos por gêneros.

Mas ai eu te pergunto novamente, por que ao invés de segmentar nós não podemos unificar as coisas?

Unificar as coisas boas que existem nas pessoas, nas situações, nas religiões e trazer isto para uma nova experiência. Expandir para uma nova consciência libertadora.

Vamos começar pelas religiões.

O que todas elas têm em comum?

É a Fé no invisível.

As religiões nos ensinam em acreditar em algo maior. E não estou me referindo a um Deus autoritário e que pune as pessoas, mas sim em algo que está acima e que podemos nos agarrar em momentos desafiadores.

Então, por que não agradecer a oportunidade de ter esta Fé no invisível e acreditar na força interior que todos nós temos e precisamos aprender a usá-la?

Como eu aprendo a usar esta força?

Primeiramente silencie a sua mente. Se não souber como ou precisa de ajuda, leia este artigo aqui. (5 Práticas para Acalmar Sua Mente)

Após acalmar sua mente, você conseguirá ouvir melhor o que seu coração tem a lhe dizer. Você criará uma conexão com o alto e começará a ver as coisas de maneira mais claras e leves.

É um treino constante, porém se você se dedicar todos os dias, você verá verdadeiros milagres acontecerem em sua vida. Por mais desafiadoras que elas possam parecer.

E o que eu posso unificar em relação as pessoas?

Todas as pessoas são diferentes umas das outras certo? E isto pode ser enriquecedor quando de fato conhecermos a sua verdadeira história. Sempre podemos aprender com os outros que possuem o coração verdadeiramente puro.

Lembre-se de que todos estamos aqui neste plano para evoluir. Evolução consciente ou inconsciente. Aprendendo verdadeiramente pelo amor ou pela falta dele.

Quando digo unificar quero dize ligar-se ao que é bom no outro. Por mais desafiadora que uma pessoa possa lhe parecer, há sempre algo de bom nela e tentar enxergar este lado positivo pode fazer com que você se conecte ou desconecte dela.

Tudo é vibração certo? Então, tudo sendo vibração, você se conecta ou desconecta de acordo com a sua vibração e sentimentos em relação aquela pessoa no momento. Se a pessoa for uma pessoa desafiadora e você procurar encontrar algo de positivo nela, você pode sair da frequência vibracional dela e então vocês se desconectarão.

Ou se ela sentir esta vibração positiva em você e querer de fato mudar, ela pode se conectar a você.

O mesmo irá acontecer com as situações

Não adianta querer mudar uma situação na qual você não está contente se você não mudar o seu padrão vibracional.

A todo momento, estamos recebendo energias vindas do alto, porém precisamos nos conectar a elas mudando nossos padrões de vibrações como se fôssemos uma antena tentando captar as ondas de uma rádio.

Não espere ter resultados diferentes fazendo as coisas sempre da mesma maneira. Não tenha medo de mudar.

Mudar as vezes pode parecer assustador, mas quando de fato encaramos esta mudança, veremos lá na frente que foi melhor seguir com medo mesmo.

E se quando chegar lá o resultado não for o esperado, mude novamente. Afinal não somos uma pedra que ficamos sempre parados a mercê do acaso, certo?

Aprenda a unificar as situações em sua vida de maneira positiva. Escute seu coração e esteja com ele aberto para receber todas as bençãos que o universo possa lhe oferecer.

“Quando aprendermos a analisar as situações com sabedoria, veremos que não há julgamentos a serem feitos pois cada pessoa vive a sua própria história e cria a sua própria realidade.”

Jamais esqueça que você é merecedor(a) do que é bom e que as situações e pessoas que não lhe parecem tão boas são necessárias para que você aprenda a mudar o seu padrão de comportamento e vibração.

Esteja aberto(a) para o novo e sem medo dele. Afinal, quem está no controle da sua vida é você e mudar faz parte da sua jornada espiritual.

Espero que todos nós possamos unificar mais as coisas boas do que segmentar em coisas distintas e que não são tão boas assim. Que possamos encontrar a felicidade que vem de dentro da gente e não em coisas exteriores na qual a felicidade é sempre momentânea.

Seja feliz na maior parte do tempo. E faça do dia de hoje o melhor dia de sua vida trazendo alegrias a todos que você encontrar no seu caminho.

E você já sabe, se gostou, curta, comente, compartilhe. Ajude a divulgar o bem utilizando a #soudobem

Gratidão,

Zezzo

Artigo anteriorCalma e Tranquilidade – Deva Premal & Miten
Próximo artigoVocê costuma ABENÇOAR sua vida?
Zezzo
Como um bom sagitariano tem forte originalidade, intuição e inspiração. Gosta de motivar as pessoas e ajudá-las a ver a vida de uma maneira mais leve e feliz. Gosta de aumentar a visão sobre as coisas, por isso precisa sempre viajar para expandir seus conhecimentos sobre o mundo. Profissional da área de Marketing Digital, sócio-proprietário da empresa DX2BRASIL e idealizador do site FILOSOFIA DO BEM. Adora contar experiências e trocar os conhecimentos de vida com as pessoas. Apaixonado e eterno estudioso por temas como espiritualidade, bem-estar, qualidade de vida, liderança e motivação. Coordenou grandes equipes e projetos com foco no cliente e na otimização de processos, suas bases de trabalho sempre estiveram na motivação pessoal, liderança de equipe e administração do tempo e resultados. No exterior, Irlanda, participou do programa de voluntariado na DDAI-Disable Drivers Association of Ireland Instituição que cuida dos direitos e deveres de pessoas com dificuldade de locomoção. Com a inspiração de levar o bem para as pessoas, um despertar e um sentido maior para a vida, idealizou a FILOSOFIA DO BEM.