Para se realizar os maiores sonhos da vida, dependemos basicamente de duas coisas:

  • clareza no foco
  • encontrar o verdadeiro propósito do esforço para você mesmo.

1o passo

Tenha certeza de que seu foco está ajustado e alinhado ao seu propósito e missão de vida, e não no objetivo-meio. O propósito de vida se relaciona com seus valores, forças pessoais, ideais de contribuição para um mundo melhor. Objetivos-meio fazem parte da nossa jornada de autodesenvolvimento, mas não é a finalidade do seu propósito pessoal em si. Por exemplo, jovens que tem como meta de vida se tornarem grandes executivos. Se a meta não fizer parte de um significado maior na sua vida, a resiliência e persistência será insuficiente, e mesmo após o alcance da meta, não será preenchido pela autorrealização, trazendo profunda frustração e tristeza.

2o passo

Uma vez que seu propósito de vida esteja bem claro, alinhado com seus valores, verifique se as tarefas, os passos para se chegar lá fazem sentido para você mesmo. Procrastinação geralmente está relacionado com algo que não temos certeza, com crenças que nos limitam, ou talvez consequências indiretas que reprovamos. Isso muitas vezes é inconsciente, por isso quanto melhor dividir os seus passos em micro tarefas, melhor conseguimos perceber o que está acontecendo.

3o passo

Se você não sabe qual é o seu propósito de vida capaz de gerar entusiasmo, automotivação, energia, atitude e persistência até a sua concretização, tenha a disciplina de reservar um tempo só para você se conhecer. Experiências que despertem o seu melhor, com prazer construtivo, alegria e vontade. O autoconhecimento, olhar para as coisas que o chamam de volta para a vida é fundamental – ninguém pode fazer isso por você.

4o passo

A influência dos amigos e de todo ambiente externo interferem muito no seu  comportamento, nos padrões mentais e no seu relacionamento com o mundo. Viver cercado de pessoas otimistas, lugares e pessoas que valorizem suas qualidades, habilidades, sua natureza de ser, é um solo fértil onde desenvolvemos melhor nosso autoconceito de forma positiva e construtiva.

Para um ser humano nada é impossível, desde que ele se permita sonhar. Não importa o tamanho do seu sonho, do seu propósito. Fazer o bem já é um ótimo começo, o mundo precisa de mais pessoas praticando o bem, com alegria, vontade e satisfação.

O mundo precisa de mais propósito, ser de verdade Humanidade.

Yumi Hada