Eu, sem meus amigos, sou nada!

Encontro amigos em todos os setores da minha vida, basta que eu me permita ser amigável.

Já percebeu quanta gente diz ser difícil ter amigos, mas não se abre para as amizades, vive desconfiado?

Amigos são feitos de respeito e admiração. Como você quer ter amigos se vive criticando o comportamento alheio?

Amigos são enciclopédias de saberes nem sempre fáceis de assimilar.

Amigos não criticam, eles demonstram compaixão pelas nossas fragilidades e amorosamente apontam caminhos. É certo que nem sempre os conselhos são aqueles que gostaríamos de ouvir, mas eles – nossos amigos – também compreendem que precisamos de tempo para ajustar as velas do nosso barco e assimilar idéias que não cogitávamos.

Amigos são feitos de amor. Amor honesto.

Eles não estão ao nosso lado para agradar o tempo todo e – afinal – eles também tem suas mazelas para resolver.

Você é amigo do seu amigo? Já percebeu como tem gente que, quando precisa, pede colo e depois que s resolve esquece da fonte onde bebeu?

Que tipo de amigo você é?

Amizade exige reciprocidade. Quanto você doa e quanto você recebe? Já parou para analisar se a balança está equilibrada?

Amigos são diamantes lapidados por mãos carinhosas.

No colo dos amigos podemos dormir o sono tranquilo e sereno, sem receios.

Nos olhos dos amigos podemos ser livres até mesmo das nossas próprias amarras.

Eles leem nossa alma e sabem onde jogar a corda para nos resgatar.

Amigos são moldados pelo tempo, pelas intempéries, pelos desafios e pelas vitórias.

Existem amigos de todos os tipos e horas. Alguns entram na nossa vida para caminhar conosco a jornada de trabalho e acabam seguindo além.

Outros chegam através da alegria, da festa, da celebração.

Alguns se aproximam através do conhecimento.

Tem quem chegue de mansinho pela porta da espiritualidade, naqueles momentos em que estamos questionando a vida, quebrando paradigmas.

Uns chegam através das crises.

Há aqueles que vem para alicerçar projetos, ajudar a concretizar sonhos.

Outros se aproximam pela janela da dor.

Eu tenho amigos de longa data que não vejo há anos, mas de quem a lembrança não se apaga e sempre me emociona.

Amigos são estrelas-guias. São água no deserto .

Amigos são a mais justa representatividade do acolhimento,

do aconchego,

da troca,

do crescimento,

da luz,

da vida,

da generosidade,

da paz,

do sossego,

da alegria,

da cumplicidade…

e de tantas outras qualidades e características que tornam a estrada da vida muito mais fácil de ser trilhada.

 

Amigos são conexões de alma… Ligações divinas.

“Num amigo que me abraça, Deus me ama e me defende”, diz Pe. Fábio de Melo.

Eu, Carenzyta, lhe desejo muitos amigos leais e que você seja um bom amigo aos seus!

Gratidão a todos os meus amigos por me abastecerem e me tornarem uma pessoa melhor a cada dia!

Cáren Araujo Proença, a Carenzita

Comentários