Se você está neste caminho de Luz com certeza já se deparou com alguém que se questiona sobre sua verdadeira missão de vida.

Por que nasci? Para que nasci? O que faço aqui?

Embora esse questionamento, para quem o tem, muitas vezes possa significar que se chegou a um ponto na vida onde se está perdido e se sentindo sem perspectivas, ele é sinal de crescimento espiritual e de abertura de consciência para outros sentidos da vida.

Este questionamento geralmente surge porque, quando a pessoa chega a este ponto de se perguntar qual é a sua missão por aqui, é porque ela está em um nível de consciência que não está mais se sentindo confortável com o que está acontecendo ao seu redor, com o que está passando pela sua vida.

Isso não pelas coisas externas mas sim pelas coisas internas e isso é muito positivo.

Quando isto acontece a pessoa tem a sensação de que sua vida está estagnada, que sua vida parece que parou de seguir em frente, parou de crescer, de evoluir e de dar frutos, seja em sua vida pessoal, profissional ou familiar.

Se isto está acontecendo, realmente pode ser a hora de se perguntar também qual a sua verdadeira missão.

A Grandiosa Missão

Acredito sim que temos uma missão a desenvolver e cumprir aqui onde estamos. Uma missão grandiosa que somente nós a podemos cumprir, uma missão que foi escolhida por nós, ou atribuída a nós, e aceita por nós.

Chegou o momento em nossas vidas de aceitarmos essa missão. SIM, aceitarmos sem medo, sem receio, com fé, força e coragem.

Se temos uma determinada missão a cumprir é porque somos capacitados espiritual e intelectualmente de cumpri-la.

E como chegar nesta minha grandiosa missão?

Acredito, como já disse anteriormente, que nossa verdadeira missão onde nos encontramos neste momento é grandiosa e necessária.

A meu ver para chegarmos até nossa grandiosa missão precisamos primeiramente ir vivendo, desenvolvendo habilidades e conhecimentos e cumprindo as “pequenas” missões que escolhemos para nós do dia-a-dia.

Como se fosse na vida estudantil, onde para chegarmos a uma universidade, uma pós-graduação ou até mesmo a um doutorado, mestrado, MBA é necessário começarmos aprendendo a ler, escrever, interagir, pensar, discutir, prestar exames.

E dessa maneira à medida que vamos evoluindo nos estudos e cumprindo alguma atividades e tarefas, vamos passando de série em série até atingirmos o ápice da nossa vida estudantil.

Assim seria também em nossa vida.

Mas qual é esta missão? Onde? Quando?

A cada dia em nossas vidas temos uma missão a cumprir, em cada lugar que estamos temos uma missão a cumprir.

Nossas missões diárias são e estão onde estamos neste exato momento. Seja em casa com a família, ou até mesmo sozinho, com os amigos, no ambiente de trabalho, na comunidade ou na diversão.

Em qualquer um desses lugares e momentos de nossas vidas, nossa missão é viver sempre da melhor maneira possível fazendo o nosso melhor sempre!

Estando sempre presente naquele momento de corpo, mente e alma. Nos entregando, nos dando por inteiro, vivendo intensamente o momento, o lugar, as pessoas, as experiências.

Resolver o que precisa ser resolvido

Uma situação que não é bem resolvida sempre retornará para que seja resolvida em definitivo, ou seja, quando isso acontece é porque ela não foi finalizada no passado, e então não foi cumprida sua missão com aquela determinada situação.

Então ela retorna para que você agora com mais conhecimento e clareza de pensamentos possa com sabedoria cumprir sua missão com aquela situação.

Uma vez resolvida e cumprida a missão você se “forma naquela matéria e pode passar de ano”, pode passar para as missões seguintes.

Uma vez cumprida a missão, a lição é aprendida e apreendida. Por isso dizemos que toda experiência em nossa vida é válida e preciosa e somente nossa.

Essa lição que aprendemos e a sabedoria que obtemos ao cumprir determinada missão pode ser compartilhada com outras pessoas.

Nosso aprendizado

Acredito que seja assim. Através de cada experiência que passamos vamos aprendemos e cumprindo nossas missões “individuais” e então passando de níveis até estarmos preparados e nos sentirmos capacitados a aceitar nossa missão grandiosa e ir a seu encontro.

E você já sabe qual a sua grandiosa missão de vida?

Pois é, pode ser que nem todos tenham encontrado ainda sua missão. Pode ser também que nem todos estejam preparados para saber qual é a sua missão grandiosa. Isso porque nem todos estão preparados para aceitar.

Pode até acontecer de não sabermos conscientemente e claramente qual é nossa missão.

Mas com certeza quando estamos preparados a aceitamos de coração puro nossa missão, ela se descortina a nossa frente e podemos até descobrirmos que já estamos diante dela e nem percebemos.

Sua grandiosa missão pode ser o conjunto de todas as suas “pequenas” missões cumpridas que precisam ser reconhecidas e aceitas.

Evolução. Esta é a palavra.

Evolução é uma palavra que podemos usar para descrever esse conjunto, esse resultado de missões cumpridas por cada um de nós.

Um evolução consciente, verdadeira, individual, universal embasada no amor a si mesmo, no amor ao próximo, no amor à humanidade é o que nos levará a compreensão de nossos tempos e de nossos mundos interiores e exteriores.

Viva intensamente o seu hoje. Cumpra as missões que você tenha para hoje e aprenda com cada experiência vivida, assim estará cumprindo suas “missões individuais”, evoluindo e ampliando a sua consciência para a sua grandiosa missão para com a vida!

Se você gostou deste artigo, lembre-se de clicar no botão “curtir” e compartilhar com seus amigos para que cada vez mais pessoas encontrem sua verdadeira e grandiosa missão de vida!

Bençãos de luz.
Paulo Oliveira