Tenho notado um fato muito interessante esses dias. Todas as pessoas, sejam elas adolescentes, jovens, adultos e até mesmo algumas crianças que quando lembram de momentos importantes e bons de seus passados, gostariam de poder viver estes momentos novamente. Alguns com a mesma pureza de quando eram crianças, outros com o “gênio indomável” de quando eram adolescentes, ou até mesmo com e vivacidade de quando eram mais jovens e alguns gostariam de poder reviver aqueles momentos com a sabedoria e conhecimentos adquiridos ao longo do tempo.

Mas existem coisas, fatos e acontecimentos neste mundo e em nossa vida que não voltam mais. E isso é um fato interessante, intrigante, importante e necessário. Pois isso mostra que estamos em constante mudança, crescimento e evolução. Neste caso quando digo nós, me refiro tanto ao Universo em que vivemos quanto nós seres humanos e iria mais além dizendo até todos os seres viventes.

Certa vez, isso pode até parecer bobagem para algumas pessoas, eu estava em Salvador, Bahia, e no caminho de ida ao Pelourinho, próximo ao Elevador Lacerda havia uma exposição ao ar livre, não me recordo exatamente o nome ou do que se tratava a exposição, porém o que me chamou a atenção foi um senhor que estava com um telescópio apontado para a lua, e que era liberado para que todas as pessoas pudessem apreciar a beleza dela.

Ao poder visualizar a lua tão próxima, através do periscópio, minha reação foi interessante e senti algo que mexeu muito comigo e me fez ficar mais atento aos acontecimentos em nossa vida. Quando olhamos para a lua a olho nú, não conseguimos perceber a velocidade que ela se move, mesmo sabendo que ela se move. Esse movimento visto pelo periscópio se torna muito rápido. Isso me fez atentar para a velocidade que as coisas acontecem mesmo fora do nosso planeta, e que ao mesmo tempo que a lua estava em um ponto específico, em segundo ela já não estava mais no mesmo lugar, e isso não parava de acontecer.

Isso acontece em nossa vida, no nosso dia-a-dia, com nossos pensamentos, nada permanece do mesmo jeito ou no mesmo lugar por muito tempo. Até mesmo uma mesa que está parada, se você olhar para ela uma vez, você verá ela de um jeito. Se você olhar para ela novamente em digamos dois segundos depois, ela não estará do mesmo jeito, não porque ela se moveu mas porque entre uma olhada e outra seus pensamentos não pararam e você pensou várias coisas sobre ela, ou uma “poeirinha” caiu sobre ela, e isso já significa que não está vendo a mesma mesa que viu a dois segundos atrás.

Você já pensou sobre isso?

Vou citar agora, como exemplo, 3 coisas na vida que não voltam

1 – O tempo

O tempo, como citei no exemplo da visualização da lua através do telescópio, uma vez que ele se foi, ele se foi. Não temos como voltam atrás no tempo. O tempo é algo muito inteessante. Se pensarmos no momento em que você começou a ler este artigo, já passou, no momento em que leu sobre minha viagem à Salvador, isso também já passou. O parágrafo anterior a esse que está lendo agora também já passou. O que acabou de pensar neste momento já passou. Por isso é essencial estarmos atentos ao tempo, ao momento exato em que as coisas acontecem em nossa vida, para não deixarmos o tempo passar, apenas “passando” em nossas vidas, devemos absorver cada ensinamento que cada momento nos trás. Fique atento aos seus pensamentos, as suas palavras, aos seus gestos a cada segundo de sua vida. “Orai e vigiai”

2 – As palavras

Pois é. Muitos de nós quando ouvimos falar em “palavras” pensamos que as palavras são apenas aquelas que saem de nossas bocas. Temos que tomar muito cuidado com isso. Pois a palavra é o início de tudo. A palavra é o princípio. “No início era o Verbo”. Nossos pensamentos são “palavras”. Por isso se afirma que a palavra tem força criadora, porque nosso pensamento tem poder de criador. Quando falamos algo estamos exteriorizando em palavras o nosso pensamento, fazendo com que ele seja manifestado. As palavras quando ditas não voltam mais. Com elas podemos tanto elevar uma como podemos derrubar uma pessoa. E sendo as palavras a exteriorização dos nossos pensamentos, é importantíssimo darmos atenção especial a eles, cuidando para que sejam sempre positivos, motivadores e edificadores.

3 – As oportunidades

Bem, falar de oportunidade é muito bom, pois em tudo e em todos os lugares existem as oportunidades para todas as áreas de nosso vida. Seja para a área pessoal, amorosa, profissional. Porém, as oportunidades que surgem precisam ser aproveitadas. Isso eu já considero como sendo algo bem relativo. Acredito que elas precisam ser aproveitadas sim. Mas acredito também que precisamos estar atentos e “sintonizados” para termos a certeza de que aquela oportunidade é realmente a oportunidade que será a certeira. Digo isso porque, algumas vezes quando se perde uma oportunidade, aquela não voltará mais, porém, mais a frente no momento em que estiver realmente preparado para receber a oportunidade certa, outra oportunidade aparecerá. O que considero essencial aqui é você ter o “seu real objetivo de vida bem claro”, pois assim saberá e terá a consciência de que aquela oportunidade que surgiu é a exata, no momento exato para que você conquiste o “seu real objetivo de vida”. A (aquela) oportunidade não volta mais, mas nunca deixarão de surgir outras, siga na Fé, acredite! Fique atento e sintonizado com o “seu real objetivo”, se aquela oportunidade passou, faça você mesmo a sua oportunidade.

Clique no botão “curtir” e compartilhe este artigo! O tempo não para. E com toda a certeza esta é uma oportunidade que surgiu para que você entre em sintonia com “o seu real objetivo de vida” que é Fazer o Bem.

Minha eterna gratidão e bençãos de luz.
Paulo Oliveira