Na semana passada publicamos aqui na Filosofia do Bem, um artigo que falava sobre ser “Espiritual sem ser religioso – É possível?” (pode ler aqui). E este artigo foi um sucesso.

Por isso resolvi escrever um pouco mais sobre o tema espiritualidade.

Muitas pessoas acreditam que a religião e a espiritualidade são duas coisas inseparáveis. Você concorda?

Você pode aproveitar o melhor de todas as religiões, afinal todas as religiões possuem coisas que agregam muito valor e despertam a nossa fé para algo maior. Porém eu acredito que espiritualidade é muito mais que religião. Ser espiritualizado é estar em paz com você e com as coisas que estão ao seu redor.

A questão é que quando a religião, com suas crenças limitantes (leia mais aqui), começa a aprisionar as pessoas, ela as impedem de irem além do que poderiam ir.

Existe um ditado que teria sido dito por Jesus que diz assim: “Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, ali estarei”. E não se referindo especificamente a um lugar, mas sim onde as pessoas estão reunidas em nome de algo maior.

Voltando ao nosso tema “como ser Espiritualizado quando você não está se sentindo assim” primeiramente você deve definir o que é ser Espiritualizado para você.

A espiritualidade está cada vez mais sendo falada, pois ela tira as arramas das crenças que nos limitam.

Para mim, ser Espiritualizado é fazer sempre algo de bom, tendo pensamentos positivos e acreditando sempre, mas sempre mesmo em algo maior. Algo chamado Fé!

Espiritualidade é algo que toca em sua alma. Algo não físico.

Alguns pensadores afirmam que:

A alma é a parte mais alta, mais nobre de si mesmo que se pode.” – Gary Zukav

A alma é a nossa capacidade de ver que nossas vidas são de alguma maneira mais do que simplesmente o dia-a-dia, e que estamos aqui para um propósito.” – Daniel Pink

A alma é o seu ser mais íntimo. A consciência de que você está além da forma, que é a alma. Isso é quem você é na sua essência.” – Ekhart Tolle

E para você? O que é ser Espiritualizado?

Criando sua definição pessoal de espiritualidade

Espiritualidade é um processo interno que é afetado pelas nossas escolhas, histórias, desejos, cultura e preferências de cada um de nós.

Se sentir Espiritualizado é quando sua alma está em paz e você sente isso. Quando você faz algo de coração e seu espirito sorri pra você. Você pode utilizar algumas práticas espirituais que te aproximem da sua espiritualidade, como por exemplo, uma oração, uma meditação, mantras, um passeio na natureza, um banho de mar e muitas outras coisas. Só nós podemos ativar este estado de espirito que nos faz tanto bem.

Mas a primeira coisa que deve fazer é procurar acalmar a mente (saiba como aqui). Pois acalmando a sua mente você começará a ver as coisas de uma outra maneira e poderá responder calmamente as questões abaixo.

O que afeta sua alma será exclusivo para você, mas há questões universais que podem estimular a exploração espiritual. Tente responder a estas cinco perguntas e, em seguida, arranje um tempo para criar uma atividade correspondente, para identificar a sua própria abordagem e sem regras para a espiritualidade, ok? Lembre-se que tem que ser prazeroso, senão não faça.

Vamos lá!

  1. O que me faz sentir mais vibrantemente vivo?
  2. O que me faz sentir preenchido com uma enorme sensação de amor?
  3. O que me faz sentir apreço pela minha experiência aqui na terra?
  4. O que me faz sentir conectado a algo maior do que eu?
  5. O que me faz sentir medo?

Tente responder sinceramente. Não há necessidade de mentir para você mesmo. Também não há certo ou errado. Existe unicamente o que te conectará com algo Maior.

Agora, com as respostas em mãos, faça algo para te reconectar com sua espiritualidade.

Eu, particularmente gosto de estar em contato com a natureza e ouvir mantras que me fazem sentir vivo e conectado com meu Eu Superior e com algo Maior.

Comente aqui sua experiência. O que você faz para se reconectar com sua espiritualidade.

Se gostou do artigo já sabe, clique no botão “curtir”, pois é assim que sabemos se vocês estão gostando de nossos artigos!

Até a semana que vem.

Gratidão,

Zezzo

Comentários